InícioSociedadePS domina eleições no país e na Beira Interior

PS domina eleições no país e na Beira Interior

O Partido Socialista foi o grande vencedor das eleições Autárquicas a nível nacional, conquistando cerca do dobro do PSD. Também na Beira Interior, o PS foi mais forte em termos gerais, ficando com 14 Câmaras, enquanto os social-democratas ganharam 11.

Por distrito, em Castelo Branco o domínio socialista foi evidente, com sete Câmaras em seu poder: Covilhã (Vítor Pereira), Castelo Branco (Luís Correia), Belmonte (António Rocha), Idanha-a-Nova (Armindo Jacinto), Penamacor (António Luis Beites), Vila Velha de Ródão (Luís Pereira) e Proença-a-Nova (João Lobo).

O PSD ganhou no Fundão (Paulo Fernandes), Oleiros (Fernando Jorge), Sertã (José Farinha Nunes) e Vila de Rei (Ricardo Aires).

Os resultados não estiveram muito longe do esperado, com dois vencedores em especial destaque: Vítor Pereira (Covilhã) e António Luís Beites (Penamacor), que reforçaram as suas posições. Vítor Pereira conseguiu eleger cinco elementos para o executivo, contra dois de toda a oposição. Beites também ficou com mais força, tendo agora quatro vereadores, enquanto a oposição elegeu apenas um.

No distrito da Guarda, PSD e PS dividiram o número de Câmaras ganhas, com sete para cada um, embora em Aguiar da Beira a candidatura vencedora seja independente, com apoio do PS.

O PSD venceu então nos concelhos da Guarda (Álvaro Amaro), Sabugal (António Robalo), Gouveia (Luís Tadeu), Pinhel (Rui Ventura), Almeida (António Machado), Celorico da Beira (Carlos Ascensão) e Vila Nova de Foz Côa (Gustavo Duarte).

O PS conquistou Seia (Carlos Filipe Camelo), Manteigas (Esmeraldo Carvalhinho), Aguiar da Beira (Joaquim Bonifácio), Figueira de Castelo Rodrigo (Paulo Langrouva), Fornos de Algodres (Manuel Fonseca), Mêda (Anselmo Sousa) e Trancoso (Amílcar Salvador).