InícioSociedadePortagens aumentam em cinco zonas na A23

Portagens aumentam em cinco zonas na A23

A Globalvia, concessionária da Auto-estrada da Beira Interior (A 23), atualizou a taxa de portagens no valor máximo de cinco cêntimos. No total, viajar nesta concessão, entre a Guarda e Abrantes custa agora 12,01(classe 1). Em 2017 o preço total desta viagem em portagens era de 11, 85 euros.

Se o destino for Lisboa, basta juntar o total de portagens entre Abrantes e Torres Novas (sub concessão da Infra estruturas de Portugal que custa 2, 5 euros) e daqui na A 1 até à capital (6, 2 euros). A viagem custa assim este ano 20,7 euros (classe 1) em portagens.

A concessionária da A 23, ex-Scutvias agora denominada Globalvia, aplicou os aumentos de cinco cêntimos em cinco pórticos: Abrantes Oeste – Mouricas, Gardete – Perdigão, Perdigão – Retaxo, Soalheira – Fundão e Fundão – Belmonte Norte. Nos restantes pórticos, não aplicou nenhum aumento, conforme demonstrou num comunicado enviado à nossa redação.

“Esta atualização, das taxas de portagem, é resultante da aplicação do (IPC), Índice de Preços no Consumidor, no valor de 1,4 por cento, com respetivos arredondamentos, originando as alterações nos sublanços e classes constantes” nos sublanços atrás indicados.

Para além da atualização dos valores de portagens, a Globalvia não prestou mais nenhuma informação.

Célia Domingues