InícioSociedadeFogo de artifício “em parceria” na Covilhã, Fundão e Belmonte

Fogo de artifício “em parceria” na Covilhã, Fundão e Belmonte

Com os hotéis da serra da Estrela e da Cova da Beira praticamente cheios e a Beira Interior, nesta quadra festiva, visitada por milhares de turistas, os municípios da Covilhã, Fundão e Belmonte juntaram-se numa parceria que pela primeira vez vai assinalar a passagem de ano com “um grandioso fogo-de-artifício”.

Segundo fontes da Câmara da Covilhã, após as 12 badaladas do dia 31, “toda a região vai ser iluminada, em simultâneo”, com um espetáculo de pirotecnia, lançado de forma sincronizada nos três concelhos. “Esta parceria entre os municípios nesta realização aponta para um futuro de colaboração e união em prol do desenvolvimento turístico da Cova da Beira”, sublinha a autarquia covilhanense.

Outra novidade promovida pela Câmara, no âmbito do programa “Natal com Arte”, que teve início no primeiro dia de dezembro e se prolongará até 13 de janeiro, será a organização de uma festa de fim de ano na sala de visitas da cidade, ou seja, na Praça do Pelourinho, iniciativa que conta com a colaboração das Discotecas Companhia Clube e Ex. Libris.

“A festa vai contar com uma tenda gigante, Djs, muita animação musical e os inevitáveis bolo rei e espumante” e como ponto alto do programa, o fogo-de-artifício, revela a organização. A autarquia pretende com esta atividade “atrair centenas de pessoas à Praça do Município para dar as boas vindas a 2018.

Esta festa procura também ampliar o leque de eventos, que tornam a Covilhã e a Cova da Beira num destino turístico de eleição”, acrescenta.

O próprio presidente da Câmara reconhece que representa ”um contributo da autarquia para reforçar a visibilidade da marca Covilhã, numa altura de grande procura turística”. Vítor Pereira sublinha ainda ”a importância de se criar um evento que junte os covilhanenses na entrada para um novo ano”.

Romão Vieira