InícioSociedadeCrianças e jovens reinventam queijo da região

Crianças e jovens reinventam queijo da região

Guilherme encheu-se de coragem, confessou que queria experimentar e aprendeu a ordenhar uma cabra. Foi na segunda-feira, numa saída de campo, no âmbito das “Escolas do Queijo”.

Um projeto lançado pelo município fundanense aos estabelecimentos de ensino do concelho e que envolve cerca de duzentos alunos, proporcionando-lhe a possibilidade de conhecer todo o processo de produção daquele que é um dos patrimónios gastronómicos mais emblemáticos do concelho do Fundão.

É a primeira vez que tantos alunos desenvolvem trabalho teórico e prático na sala de aula e no exterior a propósito do queijo da Beira Baixa, um dos produtos de excelência mais valiosos do concelho e que movimenta milhões de euros por ano.

Segunda-feira, duas turmas de 6.º e 8.º anos do Agrupamento de Escolas do Fundão, acompanhadas por  três professoras, tiveram uma manhã de trabalho na Queijaria Filhad’Eira. Foram-lhes proporcionadas diferentes aprendizagens sobre o queijo, numa experiência diversificada que agradou à generalidade dos miúdos.

Toda a reportagem na edição impressa do JF desta semana, disponível a partir da meia noite.

Lúcia Reis