InícioSociedadeAjuda para prejuízos dos incêndios só chega a alguns

Ajuda para prejuízos dos incêndios só chega a alguns

Apenas os pequenos agricultores de dois concelhos do distrito de Castelo Branco – Oleiros e Sertã – foram contemplados com ajudas públicas para minimizar os prejuízos causados pela tragédia dos incêndios, no verão passado.

Todos os outros, e são muitos, ainda não tiveram direito a qualquer apoio, independentemente da dimensão dos danos que tenham sofrido. No terreno, os critérios são  contestados por agricultores, autarcas e alguns partidos. Não questionam a justiça e importância dos apoios, mas antes os critérios que permitem apoiar uns e excluir outros igualmente prejudicados pelo inferno das chamas.

Por decisão do Conselho de Ministros, foram criados apoios imediatos para pequenos agricultores que sofreram prejuízos até 1.053 euros, ou até 5 mil euros, mas apenas de alguns concelhos.

Castelo Branco foi o distrito do país com mais área ardida, em 2017, mas apenas 505 pequenos agricultores de Oleiros e da Sertã já tiveram direito a ajudas públicas.

Toda a história da edição impressa do JF.

Lúcia Reis