InícioSaúdeUnidade Local de Saúde da Guarda contrata 27 profissionais

Unidade Local de Saúde da Guarda contrata 27 profissionais

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anunciou hoje que foi autorizada pela tutela a contratar 27 profissionais para fazer face “ao impacto da transição” das 40 para as 35 horas semanais de trabalho.

Em comunicado, a ULS/Guarda explica que 16 dos contratados são enfermeiros e 10 são assistentes operacionais, e que aguarda a contratação de um assistente técnico.

“Os profissionais contratados e que já entraram em funções foram selecionados de acordo as bolsas de recrutamento existentes”, lê-se na nota da instituição presidida pela médica Isabel Coelho.

Segundo a fonte, “o objetivo deste reforço de recursos humanos é garantir a continuidade da prestação de cuidados de saúde aos cidadãos, com qualidade e segurança”.

A ULS da Guarda anunciou, no dia 2 de julho, que foi “temporariamente ajustada a oferta assistencial” no Hospital de Sousa Martins com a redução de 16 camas em vários serviços e o encerramento da Unidade de Cuidados Intermédios de Cardiologia.

A medida foi tomada “para fazer face à escassez de recursos humanos agravada pela redução do horário de trabalho de 40 para 35 horas, desde o dia 1 de julho de 2018, e para não colocar em causa a qualidade e segurança dos cuidados a prestar aos doentes”.

Segundo a nota, foi “temporariamente ajustada a oferta assistencial” no Hospital de Sousa Martins com a redução de 16 camas em vários serviços e o encerramento da Unidade de Cuidados Intermédios de Cardiologia, “passando o Serviço de Medicina Intensiva a assegurar as situações de necessidade na área, nas camas de cuidados intermédios que lhe estão alocadas”.