InícioSaúdeGoverno aprova “proteção” para Termas das Águas em Penamacor

Governo aprova “proteção” para Termas das Águas em Penamacor

A zona de proteção à captação de água das Termas das Águas, no concelho de Penamacor, está definida e aprovada em portaria governamental, que interdita a utilização do solo a determinadas atividades, anunciou hoje o Governo.

Em nota de imprensa, é referido que o secretário de Estado de Energia, Jorge Seguro Sanches, que é natural de Penamacor, aprovou o perímetro de proteção à captação de água mineral nº HM-67, designada “Termas das Águas”, “com o objetivo de maximizar a exploração económica deste recurso hidromineral, importante para o desenvolvimento local e para o turismo”.

“Enquadrada na política de promoção do turismo de caráter termal, esta medida insere-se na estratégia de dinamização do setor dos recursos geológicos nacionais, visando a criação de oportunidades de investimento, num processo de envolvimento simultâneo das populações e respetivas autarquias”, acrescenta a informação.

Segundo a nota, o contrato inicial de concessão de exploração das “Termas das Águas”, que data de 2011, foi celebrado ao abrigo do DL nº86/90 de 16 de março com o Município de Penamacor, tendo sido atribuídos os direitos de exploração de água mineral natural para fins de termalismo.

Esta concessão, com uma área de 13,696 hectares, localiza-se na união das freguesias de Aldeia do Bispo, Águas e Aldeia de João Pires, no concelho de Penamacor, e dispõe de água mineral natural sulfúrea e bicarbonatada sódica.

“O segmento de saúde e bem-estar é um mercado em franca expansão que o Governo pretende potenciar e de que o distrito de Castelo Branco é um bom exemplo”, frisa a nota de imprensa.

Além das “Termas das Águas”, o concelho de Penamacor também tem as “Termas de São Tiago”, concessionadas à Malcatur – Empreendimentos Turísticos e Hoteleiro, sendo que o distrito conta ainda com as “Termas de Unhais da Serra”, no concelho da Covilhã, e a Fonte Santa de Monfortinho, em Idanha-a-Nova.