InícioFundãoTrês burlões do Fundão “apanhados” pela PJ

Três burlões do Fundão “apanhados” pela PJ

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de dois homens e uma mulher, “fortemente indiciados” de terem constituído um grupo dedicado à prática de crimes de burla praticados em 2017, no Fundão.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado que os detidos, com idades compreendidas entre os 36 e os 64 anos, são suspeitos de terem praticado os crimes entre fevereiro e setembro de 2017, “maioritariamente” na área do Fundão, distrito de Castelo Branco.

“Os detidos, agindo de forma concertada, por meio de engano que astuciosamente provocavam, e aproveitando situações de especial vulnerabilidade de algumas das vítimas, em razão de idade e de doença, determinaram as mesmas a fazer-lhes várias entregas de dinheiro e de objetos em ouro, de que se apropriaram, lesando-as em vários milhares de euros e deixando algumas em difícil situação económica”, explica a fonte.

Segundo a nota, durante a realização de buscas à residência dos detidos, a PJ apreendeu uma pistola de calibre 6,35 milímetros e mais de uma centena de munições em situação ilegal, bem como dinheiro e outros objetos que as autoridades suspeitam “estarem relacionados com a atividade ilícita”.

Os três detidos vão ser presentes às autoridades judiciais competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.