InícioCastelo BrancoPolitécnico cria vagas para jovens guineenses

Politécnico cria vagas para jovens guineenses

O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) assinou um protocolo com a Câmara de Bissau na área da formação, projeto que cria um sistema de vagas para alunos da capital da Guiné-Bissau, foi hoje anunciado.

“Este protocolo insere-se na estratégia de internacionalização do IPCB e consiste em alargar à Guiné-Bissau a cooperação já existente entre o politécnico e vários países. Prevê-se a vinda de alunos da Guiné-Bissau para o IPCB já no ano letivo de 2018-2019”, refere em comunicado o presidente desta instituição de ensino superior pública, Carlos Maia.

O protocolo tem por objetivo estabelecer bases de cooperação entre a Câmara Municipal de Bissau e o Politécnico de Castelo Branco nos domínios da formação, concedendo vagas a alunos daquele município guineense, com ensino secundário completo, para ingresso em cursos de licenciatura em funcionamento na instituição albicastrense.

“É com grande satisfação que iremos colaborar na qualificação dos jovens guineenses, jovens oriundos de um país com potencialidades, mas que ainda apresenta alguns défices estruturais, como a falta de saneamento básico em algumas regiões e elevadas taxas de mortalidade infantil”, sublinhou.

O protocolo foi assinado em Castelo Branco, entre o presidente do IPCB, Carlos Maia, e uma comitiva guineense, liderada pelo presidente da Câmara de Bissau, Baltazar Cardoso.