InícioCastelo BrancoMulher detida por vender alimentos com larvas e baratas

Mulher detida por vender alimentos com larvas e baratas

Uma comerciante de 68 anos foi detida pela GNR, no dia 19, por incumprimento de medida de suspensão de atividade comercial de venda de bens alimentares na Sertã.

A mulher já havia sido notificada, em dezembro, pela ASAE de Castelo Branco, no sentido de fechar o seu estabelecimento pela Autoridade de Saúde Alimentar e Económica de Castelo Branco.

No âmbito de uma operação de fiscalização a estabelecimentos, os militares da GNR detetaram que o estabelecimento comercial não cumpria as normas de segurança e higiene alimentar, nomeadamente a venda de bens alimentares em decomposição e putrefação, assim como fora da validade e suscetíveis de criar perigo para a saúde.

Foram apreendidos 535 artigos alimentares, muitos deles com larvas e baratas, os quais foram destruídos, após análise do veterinário municipal.

A suspeita foi constituída arguida e sujeita a termo de identidade e residência.