InícioBelmonteMorreu o homem mais velho do concelho

Morreu o homem mais velho do concelho

O homem mais velho do concelho de Belmonte morreu no dia 16, com 105 anos, depois de uma queda em casa, no início do mês de outubro, que lhe provou uma fratura na bacia e a consequente degradação da saúde física. João Gonçalves Nunes ainda esteve no hospital da Covilhã, mas já não era possível reverter as lesões, pelo que regressou à sua habitação, na localidade da Gaia. Foi o filho Alfredo, com quem partilhava a casa há vários anos, que o encontrou já sem vida.

Chegou, assim, ao fim uma longa caminhada de um homem que nasceu em março de 1912. Há cerca de quatro anos e meio, numa reportagem do Jornal do Fundão, e já com 101 anos, João Gonçalves explicou-nos que aprendeu a ler e a escrever e mostrou-nos um caderno cheio de quadras, algumas bastante “picantes” e cheias de humor. Foi também com um sorriso que nos disse que a sua vida estava para durar. “Dizem que um bisavô meu viveu até aos 112 anos. Na Bíblia também li que uns tipos chegavam aos 200!”

A aldeia da Gaia parece ter o segredo da longevidade. É que naquela reportagem de 2013 conhecemos uma vizinha, Teresa Jesus, ainda mais velha. Os anos passaram e a senhora conquistou o título de pessoa mais velha de Belmonte. Neste mês de novembro completa 106 anos! Na localidade dizem-nos que continua bem, embora tenha sido mudada para uma residência sénior junto dos sobrinhos, perto de Lisboa.

Filipe Sanches