InícioFundãoEstá a chegar a segunda vida do Cine Gardunha

Está a chegar a segunda vida do Cine Gardunha

Estudo prévio propõe solução polivalente que transforma a sala em função dos espetáculos, reduzindo ou aumentando o palco e número de lugares. Fachadas, escadaria principal, sala dos espelhos e café serão preservados. Tem de estar tudo pronto até junho de 2019

QUASE todos a favor do estudo preliminar apresentado pelo arquiteto José Manuel Castanheira, na quinta-feira, no Casino Fundanense, naquele que foi o primeiro capítulo da discussão pública do projeto de requalificação do Cineteatro Gardunha do Fundão, ainda em fase embrionária. O arquiteto e cenógrafo com raízes na região vai coordenar a equipa projetista de que fazem parte técnicos da Câmara e outros especialistas.

A sessão encheu a sala da imprensa com uma plateia maioritariamente constituída por pessoas que já não conheceram o Cineteatro de portas abertas. Os interessados em apresentar sugestões e propostas para a requalificação do velho cinema devem fazê-las chegar por escrito ao município fundanense, até final do mês, já que, segundo o presidente da Câmara, Paulo Fernandes, está praticamente “tudo em aberto” relativamente à solução que irá ser adotada.

Foram cerca de três horas de discussão à volta do estudo preliminar apresentado pelo arquiteto que coordenará o projeto de requalificação do Cineteatro Gardunha. Ouviu-se a voz da cidadania e de alguns agentes culturais da cidade.

O estudo preliminar da requalificação do Cineteatro Gardunha aponta para uma solução polivalente, que permite adaptar a sala de espetáculos à natureza das iniciativas que venha a acolher. Ou seja, a dimensão e formato do placo, bem como a lotação da própria sala poderão transformar-se em função das exigências do evento.
O palco poderá crescer praticamente para o dobro, podendo atingir dimensão semelhante ao do Teatro de D. Maria, o mesmo acontecendo com a lotação que no Cine Teatro pode variar entre 420 e 520 lugares sentados.

Toda a informação na edição impressa do JF.

Lúcia Reis