InícioSociedadeTurismo do Centro promove região como destino de luxo

Turismo do Centro promove região como destino de luxo

O Turismo do Centro revelou esta sexta-feira ter lançado uma nova campanha de promoção da região enquanto destino para o turismo de luxo “com o objetivo de posicionar a diversidade” da região nos roteiros nacionais e internacionais.

A campanha arrancou esta semana com uma sessão de apresentação de produtos diferenciadores a operadores vocacionados para o turismo de luxo.

A apresentação, revela a Turismo do Centro, “promoveu a oferta cultural e histórica, a gastronomia e enologia, o ‘soft-adventure’, os produtos termais e ‘spas’ e os ‘hotéis boutique'”.

“Durante dois dias, os principais responsáveis de agências de viagens vocacionadas para o turismo de luxo – a espanhola Elefant Travel e a portuguesa Lounge Luxury Travel – e uma jornalista norte-americana especializada em viagens do mesmo segmento conheceram algumas das melhores unidades hoteleiras e atrações da região e regressaram confiantes de que o Centro de Portugal tem um enorme potencial para atrair turistas exigentes e de um segmento mais elevado”, revelou hoje a Entidade Regional.

Para o presidente da Entidade Regional Turismo Centro, Pedro Machado, a visita insere-se numa estratégia de mostrar que o Centro tem produtos de elevada qualidade, capazes de atrair os visitantes com expectativas mais elevadas.

“Há um segmento crescente de turistas exigentes, que procuram experiências diversificadas e fora dos roteiros habituais. O Centro oferece-lhes isso: temos o encanto do património cultural e histórico, com lugares distinguidos como património da humanidade; temos uma multiplicidade de experiências, desde a autoestrada do surf às centenas de quilómetros de trilhos naturais; temos termas e ‘spas’ requintados. Tudo isto conjugado com uma oferta de unidades hoteleiras cada vez mais sofisticada e enquadrada com o meio envolvente. Foi isso que estes visitantes vieram conhecer e não poderiam sair mais satisfeitos”, resume Pedro Machado.

A iniciativa foi bem recebida pelo líder da Elefant Travel, Gozalo Gimeno: “Penso que temos aqui uma enorme oportunidade. O Centro de Portugal pode surpreender em Espanha. Portugal não é só Lisboa, como Espanha não é só o flamenco e Gaudí. A região do Centro tem um produto diferente. Os hotéis são diferentes, a praia é diferente, a gastronomia e o vinho têm um caráter regional muito forte. E as infraestruturas são ótimas, com as autoestradas é fácil e muito rápido chegar ao Centro”.

Para este responsável, o desafio é fazer um trabalho na divulgação.

“Como especialistas em turismo, vemos uma nova tendência nas pessoas de 35 anos, que é a ‘soft adventure’. Para estas, o luxo não é apenas o hotel de 5 estrelas, é o hotel boutique, é o serviço pela experiência da exclusividade. É um luxo mais cultural e autêntico que o luxo do dinheiro”, acrescentou, citado numa nota da Entidade Regional.

Pedro Costa Ferreira, presidente da Lounge Luxury Travel, explicou a opção pelo Centro de Portugal, dizendo que se trata uma oportunidade muito grande.

“Estas duas empresas trabalham o lazer de luxo, uma em Espanha e outra em Portugal, e decidiram juntar-se porque perceberam que há uma oportunidade do lado da procura, nas comunidades de luxo que ambos frequentamos, em trabalhar melhor este mercado, atuando como oferta conjunta Portugal e Espanha. O facto de estarmos a fazer os primeiros ‘brainstormings’ na região do Centro de Portugal significa também que é para nós muito claro que devemos diferenciar não apenas no estilo de produto que oferecemos, mas também no território”, resumiu Pedro Costa Ferreira.

O Turismo Centro de Portugal abrange 100 municípios e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística.

“É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e ‘spas’ idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias – sem esquecer a gastronomia e os vinhos de eleição”, garante a Entidade Regional.