InícioSociedadeSabugal lança aplicação móvel destinada a turistas

Sabugal lança aplicação móvel destinada a turistas

A Câmara Municipal do Sabugal está a lançar uma aplicação para ‘smartphones’ e ‘tablets’ que disponibiliza informações aos turistas sobre o concelho e facilita a sua deslocação pelo território.

Segundo a autarquia presidida por António Robalo, a aplicação “Smiity – Smart Interactive City” é gratuita e está disponível para dispositivos Android e IOS.

A Câmara Municipal do Sabugal informa que implementou no território “um sistema de sinalização e informação turística mais direto, interativo e comunicativo com os residentes e visitantes”.

“Os ‘beacons’ (pequenos dispositivos que emitem sinais através da tecnologia ‘bluetooth low energy’ e que podem ser captados por aplicativos de ‘smartphones’ e ‘tablets’) estão na génese deste projeto”, esclarece.

A fonte explica que cerca de 100 ‘beacons’ estão disponíveis em diversos locais do concelho e “transmitem a quem passa conteúdos sobre o ponto específico em que está situado, assim como um conjunto de outras referências, designadamente mais sítios de interesse e informações úteis e atuais, tais como percursos pedestres, notícias, agenda de eventos, curiosidades, entre outros”.

“Venha (re) descobrir o concelho do Sabugal, interagir connosco e surpreender os seus sentidos”, é o desafio lançado aos visitantes pelo município do Sabugal, situado junto da fronteira com Espanha.

Para que os equipamentos estejam ligados aos referidos ‘beacons’ bastará que os utilizadores instalem, gratuitamente, a aplicação “Smiity – Smart Interactive City” e que depois liguem o ‘bluetooth’ dos ‘smartphones’ ou ‘tablets’.

Em termos turísticos, o concelho do Sabugal possui, entre outros pontos de interesse, a aldeia histórica de Sortelha e os castelos de Sabugal, Sortelha, Alfaiates, Vilar Maior e Vila do Touro.

Em várias localidades do município é também praticada a tradição tauromáquica da capeia arraiana, que está registada no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial desde 2011.

A capeia arraiana é uma manifestação tauromáquica que se distingue das restantes por incluir a lide do touro bravo com recurso ao forcão, um engenho em madeira de forma triangular que é manuseado por cerca de 30 homens.