InícioSociedadeConheça o dono da melhor regueifa portuguesa

Conheça o dono da melhor regueifa portuguesa

António Dias dos Santos é sócio gerente da Padaria Dias, com fabrico no Parque industrial do Tortosendo. É uma empresa de sucesso e pontua pela qualidade dos seus produtos. Aos 74 anos, juntamente com os filhos, construiu um império na área da panificação da nossa região. Recentemente ganhou, com uma receita secular, o concurso – promovido pela empresa belga Puratos – da melhor regueifa a nível nacional

De onde veio o gosto pelo pão?
Comecei a trabalhar nessa área há 64 anos numa padaria da minha terra, São Vicente da Beira, na altura tinha uns 12 anos. Eu amassava quatro sacas de farinha à mão, outros tempos. A farinha, primeiramente, tinha que ser peneirada, sem máquinas, era um trabalho muito artesanal. Depois de levedada, a massa era levada para o forno, que ficava a uns quatrocentos metros da padaria. Tínhamos que andar com os tabuleiros de um lado para o outro, era um vai e vém. O gosto do pão vem daí, sempre fui padeiro. Como tudo na vida, e em qualquer profissão, é necessário paixão.

Aos 18 anos deixou a terra e veio para a Covilhã, porquê?
Vou-lhe contar o que aconteceu: eu vim assistir a um jogo de futebol entre o Sporting da Covilhã e o Benfica. Esse foi o pretexto para cá ficar… Arrendei um quarto na cidade e, no dia seguinte, arranjei emprego numa padaria, que ficava junto ao Lar de São José, a Tavares Matias. Depois de um ano, fui para a padaria Marroca onde permaneci 25 anos. E nunca mais parei… Casei e constitui família. Os meus filhos foram crescendo e eles tinham o papel de me levar o almoço à padaria, todos os dias. Portanto, enquanto comia eles brincavam na padaria com os carros… Eles cresceram nesse ambiente e o gosto por essa área vem daí.

Leia toda a conversa na edição impressa do JF.

Pedro Silveira