InícioSociedadeAs Juntas de Freguesia que são verdadeiras “Lojas do Cidadão”

As Juntas de Freguesia que são verdadeiras “Lojas do Cidadão”

Não fossem as Juntas de Freguesia e na maioria das aldeias não haveria sítio para receber as reformas ou tão pouco para pagar a luz e a água. Sinais do tempo ou de uma desertificação e isolamento cada vez mais reais

Nota por nota, das mãos de Judite Pedro para as de Amélia Santos Silva. Foi assim na segunda-feira, na Junta de Freguesia do Souto da Casa, Fundão, e é assim todos os meses. O gesto repete-se sempre que chega o dia de Amélia Silva, 87 anos, levantar a reforma. Repete-se com Amélia e com os outros reformados que ainda recebem as parcas reformas por vales. Cabe a Judite Pedro, funcionária naquela Junta há cerca de 30 anos, pagar. Isto porque esta é uma das Juntas de Freguesia que contam com balcão dos CTT.

Veja toda a reportagem na edição impressa do JF.

Catarina Canotilho e Filipe Sanches