InícioGuardaDetida a “curandeira” que burlou mulher em 200 mil euros

Detida a “curandeira” que burlou mulher em 200 mil euros

Uma mulher “curandeira”, com 53 anos, foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) da Guarda pela alegada prática do crime de burla qualificada.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, a detida é suspeita de ter burlado uma vítima, entre setembro de 2014 e maio de 2016, “lesando-a em cerca de 200 mil euros”.

A fonte refere que a mulher, “referenciada como curandeira”, na sequência de consultas para tratamento de uma doença da vítima, “por meio de engano que astuciosamente provocou, determinou-a a entregar-lhe várias quantias em dinheiro”.

A suspeita vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação de adequadas medidas de coação.