InícioEconomia“Desconto” na A23 já poupou 6 milhões aos condutores

“Desconto” na A23 já poupou 6 milhões aos condutores

A redução das portagens na A23 – Autoestrada da Beira Interior entre a Guarda e Torres Novas – já permitiu uma poupança de seis milhões de euros aos utilizadores, garantiu hoje o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

“Isso significa [as reduções aplicadas em agosto] que já foram poupados seis milhões de euros por aqueles que atravessam a A23, e mais de um terço desse valor, ao contrário do que se diria, foi dirigido não à classe 1 e sim às outras classes relacionadas com o transporte pesado e de mercadorias”, disse.

Pedro Marques falava em Castelo Branco, na sessão de abertura do I Congresso Empresarial da Beira Baixa, iniciativa organizada pelo Associação Empresarial da Beira Baixa (AEBB) e pelo Jornal de Negócios e durante a qual voltou a ouvir um conjunto de reivindicações regionais, entre as quais a de uma nova redução dos valores das portagens.

“Senhor ministro, faça-nos atores das suas políticas (…).E quando quiser decidir sobre a construção do IC31 chame-nos que nós estamos aqui. E quando quiser alterar o sistema de cobrança de portagens desta região, convoque-nos, que nós estamos aqui. E quando quiser dotar a região de melhores comunicações de fibra ótica ou outros sistemas de comunicação, estamos aqui para ajudar. E quando decidir colocar um módulo de transporte rápido ferroviário entre Covilhã, Fundão, Castelo Branco e Vila Velha de Ródão, estamos aqui”, afirmou o presidente da AEBB, José Gameiro.

Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, associou-se ao apelo relativo à concretização do IC31, lembrando as “vantagens competitivas” desta via, que permitiria a ligação a Espanha.

Na resposta, Pedro Marques afirmou que compreende as reivindicações, mas não se comprometeu nem com a concretização do IC31, nem com novas reduções nas portagens ou com o sistema de transporte ferroviário regional.

Sobre o IC31, referiu que a ligação rodoviária deverá ser tema da Cimeira Luso-Espanhola que se realiza na próxima semana e vincou que “qualquer investimento” terá de ser coordenado com Espanha.

Já no que se refere às portagens, reiterou que o Governo cumpriu o compromisso de baixar o valor cobrado e salientou que tal permitiu uma poupança de seis milhões de euros para os utilizadores, tendo ainda frisado a importância desta medida no que concerne às empresas.