InícioDesportoJogos Special Olympics decorrem até domingo na Covilhã

Jogos Special Olympics decorrem até domingo na Covilhã

(c) CMC

A chama dos III Jogos de Portugal dos ‘Special Olympics’ foi hoje acesa na Covilhã para marcar a abertura do evento que decorre até domingo e no qual participam 19 comitivas e 237 atletas com deficiência intelectual.

A prova, que há sete anos não se realizava, regressa com cinco das dez modalidades para as quais os ‘Special Olympics’ Portugal estão acreditados.

O atletismo, o futsal, o ténis de mesa, o judo e a natação são as disciplinas selecionadas em função das infraestruturas disponíveis, cedidas pela Câmara Municipal da Covilhã, Universidade da Beira Interior (UBI) e INATEL.

José Dias Ferreira, o presidente dos ‘Special Olympics’, sublinha a importância deste tipo de iniciativas para promover a inclusão e contribuir para o bem-estar físico, psicológico, social e aumentar a autoestima dos jovens adultos com deficiência intelectual através do desporto.

“É importante para as pessoas sentirem a inclusão, a integração”, realça o presidente do movimento, que existe em Portugal desde 2001 e que tem uma lógica diferente do desporto paralímpico, por os resultados não serem o mais importante. “Que eles compitam com divertimento e alegria”, acrescentou Dias Ferreira, no final da cerimónia de abertura, realizada na Praça do Município.

Regina Costa, a vice-presidente do movimento, sublinha a importância do evento no processo de desenvolvimento dos participantes, quer pelas regras que têm de dominar, pela autoavaliação que fazem para testar o trabalho de preparação feito ou para os técnicos perceberem “os comportamentos que os atletas têm não só na parte desportiva como socialmente”.

“Eles são tirados da sua zona de conforto e vêm para um meio que não é o deles, com regras diferentes, com um ambiente de festa, e isso é essencial para o seu desenvolvimento e autoestima”, frisa.

Vítor Pereira, presidente da Câmara da Covilhã, pede à população que assista à competição, se envolva, e destaca o papel dos Jogos do ‘Special Olympics’ no processo “de desenvolvimento, mas também de socialização”.

“A Covilhã será durante estes três dias a capital portuguesa do desporto adaptado e isso é para nós uma enorme honra”, vinca.

Os Jogos de Portugal são organizados pelo ‘Special Olympics’ Portugal e pela Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) da Covilhã.