InícioDesportoJá há dinheiro para preparação dos Jogos Olímpicos de Inverno

Já há dinheiro para preparação dos Jogos Olímpicos de Inverno

A verba destinada ao programa de preparação para os Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang 2018 foi transferida esta semana para o Comité Olímpico, adiantou sexta-feira o secretário de Estado da Juventude e do Desporto.

Segundo João Paulo Rebelo, que visitou associações juvenis nos concelhos da Covilhã, Fundão, Idanha-a-Nova e Castelo Branco, o apoio para o programa olímpico foi transferido no dia 27 de março para o Comité Olímpico de Portugal, depois de a decisão ter sido publicada em Diário da República no dia 20.

O programa de preparação para os Jogos Olímpicos de Pyeongchang, na Coreia do Sul, foi apresentado pela Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP) em 2014, após os Jogos Olímpicos de Sochi 2014, na Rússia, em que Portugal esteve representado por Camille Dias e Artur Hanse, ambos atletas de esqui alpino.

Este mês, à agência Lusa, Pedro Farromba, presidente da federação, disse acreditar que Portugal pode levar aos Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang 2018 a mais numerosa e diversificada comitiva, só que seria necessário ver o programa de preparação aprovado quanto antes, para dar condições aos atletas referenciados em várias disciplinas para se apurarem.

Pedro Farromba informa que as últimas listagens oficiais de qualificação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, que decorrem entre 09 e 25 de fevereiro, naquela cidade da Coreia do Sul, são conhecidas em janeiro do próximo ano e frisa restar menos de um ano para os atletas garantirem o apuramento.

“O inverno está a acabar e nós precisamos garantir que conseguimos ter um programa olímpico que, se não nos permitir já este inverno no hemisfério norte, tentar as qualificações no hemisfério sul”, vincou, no início do mês, o presidente da FDIP, que pedia celeridade no processo.