InícioDesportoFundão “habitua-se” a eliminar o Benfica

Fundão “habitua-se” a eliminar o Benfica

futsal

Pelo segundo ano consecutivo, o Fundão eliminou o Benfica nos quartos de final da Taça da Liga de futsal (4-2), ficando assim apurado para as meias-finais, nas quais defrontará o Belenenses, no sábado, em Gondomar.

Tal como já havia acontecido nos quartos de final da edição anterior, o Fundão voltou a derrubar as ‘águias’, esta quinta-feira, com golos de Waltinho (que bisou), de Danny e Teka, enquanto Gonçalo Alves ainda empatou para o Benfica (1-1) e Chaguinha marcou já no último segundo da partida, com o jogo resolvido.

O Fundão chegou ao intervalo a vencer por 2-1, depois de Waltinho ter trocado as voltas às ‘águias’, primeiro com um remate acrobático que inaugurou o marcador, e depois com uma jogada individual, na qual tirou dois adversários pelo caminho e entregou para Danny fazer o segundo. Neste golo, os fundanenses interpretaram uma jogada notável, com uma dúzia de trocas de bola, sob pressão, antes de Waltinho decidir com um movimento denominado 360 graus, sobre a bola, antes do passe para Danny.

Pelo meio, o Benfica, comandado pelo antigo treinador fundanense Joel Rocha, ainda empatou a partida, com Ré, à boca da baliza, a fazer a emenda depois de um remate de Gonçalo Alves, tendo, no minuto seguinte, desperdiçado uma boa hipótese de dar a vantagem às ‘águias’, apesar das melhores oportunidades do primeiro tempo terem pertencido ao Fundão.

Na segunda parte, o Benfica entrou com um maior caudal ofensivo e ‘carregou’ à procura do golo, o que fez com que o Fundão mal tocasse na bola durante os últimos 10 minutos.

Mas as ‘águias’ revelaram dificuldades em frente à baliza, graças também a uma exibição inspirada de Iago Sanchez, o guardião espanhol dos fundanenses que defendeu quase tudo o que havia para defender, contando também com a ajuda preciosa dos companheiros de equipa.

No último minuto da partida, Chaguinha falhou um desvio fácil para a baliza aberta e, seguidamente, os encarnados cometeram a sexta falta, que resultou num livre direto para o Fundão, com Teka a aproveitar, “matando” o jogo.

Ainda antes de o jogo acabar, houve tempo para Waltinho ‘selar’ a vitória, a 27 segundos do fim, e para Chaguinha reduzir a desvantagem, a 18 centésimos da ‘buzina’, quando a equipa fundanense já comemorava a passagem às meias-finais.

Filipe Sanches