InícioDesportoCiclismo ao mais alto nível já esta semana

Ciclismo ao mais alto nível já esta semana

Pelo segundo ano consecutivo, a Associação de Municípios da Cova da Beira vai promover o território com um evento desportivo, o Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, em ciclismo, que vai envolver, entre 2 e 4 de junho, mais de 500 pessoas.

A prova” integra o restrito grupo de quatro competições portuguesas com cotação 2.1 no calendário da União Ciclista Internacional (UCI)”, com explicou o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, na apresentada, no dia 19, no castelo de Belmonte.

Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro, sublinha “a festa do ciclismo numa região que tem propensão para a modalidade e para outros desportos de aventura”.

José Manuel Biscaia, autarca de Manteigas e líder da Associação de Municípios da Cova da Beira, adiantou que “a região, para ser amada, tem de ser mostrada”, devendo ser aproveitadas todas as oportunidades que tragam visitantes, anunciando que em 2018 a prova alargar-se-á a território espanhol.

Terá um total de 554 quilómetros, distribuídos por três etapas. A primeira, já na sexta-feira, dia 2, é a mais acessível, não sendo de estranhar que os 199 quilómetros que vão ligar Penamacor a Celorico da Beira (com passagens por Pedrógão S. Pedro, Orca, Castelo Novo, Alpedrinha, Fundão, Tortosendo, Covilhã, Canhoso, Teixoso, Caria, Sabugal, Guarda e Lageosa do Mondego) tenha uma chegada ao sprint.

A segunda etapa, no sábado, é ligeiramente mais curta, levando a caravana de Fornos de Algodres até Trancoso, através de um traçado de 192 quilómetros que visitará Celorico da Beira, Maçal do Chão, Vila Franca das Naves, Pinhel, Almeida, Figueira Castelo Rodrigo, Cidadelhe e Mêda.

A competição fecha domingo com a etapa-rainha, uma ligação de 163 quilómetros, entre Belmonte e Manteigas, que sobe ao alto da Torre, a partir de Seia. Depois da partida, os ciclistas passam em Carvalhal Formoso, Olas, Maçainhas, Colmeal da Torre, Ginjal, Valhelhas, Famalicão da Serra, Videmonte, Prados, Carrapichana, Gouveia, Seia, Sabugueiro, Torre e Piornos).

A prova contará com 17 equipas, oriundas de oito países, com destaque para Efapel, Sporting, W52/FC Porto, Boavista, Caja Rural (Espanha) e Lokosphinx (Rússia).