InícioDesportoÁrbitro agredido por jogador do Canelas voltou a “apitar”

Árbitro agredido por jogador do Canelas voltou a “apitar”

O árbitro José Rodrigues, do Porto, dirigiu este domingo em Castelo Branco o primeiro jogo depois da violenta agressão de que foi alvo no mês de abril, no jogo entre Rio Tinto e Canelas 2010.

O juiz portuense controlou bem a partida entre Benfica e Castelo Branco e Sertanense (1-0), da Série C do Campeonato de Portugal Prio, mostrando apenas três cartões amarelos e sem cometer erros.

Quase cinco meses após a joelhada do jogador Marco Gonçalves, que lhe provocou uma fratura no nariz, o árbitro de 43 anos voltou a pegar no apito e evidenciou serenidade ao longo dos 90 minutos, mesmo num ambiente difícil como é sempre um dérbi entre clubes rivais do distrito de Castelo Branco.

José Rodrigues tentou passar despercebido na partida, mas sempre muito em cima dos lances. Utilizou um critério largo, sem necessidade de muitas intervenções disciplinares. Puniu apenas três atletas (todos do Sertanense) com a cartolina amarela: Landry (15′), Rojas (17′) e Tito (59′).

No final, foi cumprimentado por todos os intervenientes e recebeu mesmo os parabéns públicos do treinador Filipe Moreira na conferência de imprensa. “Não costumo falar da arbitragem, mas desta vez abro a exceção para dizer que gostei de ver este árbitro regressar aos relvados depois da infelicidade que lhe aconteceu. Fez bem o trabalho dele e desejo-lhe as melhores felicidades”, sublinhou o técnico do Sertanense.

Filipe Sanches