InícioCulturaEncontros Cinematográficos no Fundão

Encontros Cinematográficos no Fundão

Cineastas, programadores, críticos e amantes da sétima arte voltam a reunir-se no Fundão, de sexta-feira a domingo, no âmbito dos Encontros Cinematográficos, que nesta edição contam com uma homenagem a três realizadores que morreram no último ano.

De acordo com a organização, a edição deste ano será dedicada a Andrea Tonacci, Michael Cimino e a Alberto Seixas Santos, estando o programa organizado de modo a que cada dia seja dedicado, respetivamente, a estes realizadores.

Com início marcado para sexta-feira às 21:30, as sessões decorrem todas na Moagem Cidade do Engenho e d’Artes e, além da exibição dos filmes selecionados, integram debates e conversas entre público e convidados, entre os quais o antigo diretor da Filmoteca de Madrid Miguel Marías, o fundador da revista de cinema “Foco” Bruno Andrade, o crítico de cinema da “Folha de São Paulo” Sérgio Alpendre, o programador da Cinemateca Portuguesa Luís Miguel Oliveira e o realizador Luís Alves de Matos.

No primeiro dia serão exibidas “Olho por Olho”, “Bla Bla Blá” e “Bang Bang” de Andrea Tonacci, estando o encontro entre Sérgio Alpendre, Bruno Andrade e José Oliveira marcado para depois das exibições.

No sábado, as sessões arrancam às 14:30 com a projeção de “Heaven’s Gate” de Michael Cimino. Miguel Marías, Bruno Andrade, Matheus Cartaxo e João Palhares reúnem-se às 18:30, em mais uma conversa. Para as 21:30 está agendado um concerto de homenagem a Cimino, que contará com Marta Ramos na voz, João Palhares no piano e João Parreira na guitarra. Às 22:00 terá lugar a projeção de “The Sunchaser” de Michael Cimino e o dia encerra com o encontro com os convidados Miguel Marías, Bruno Andrade, Matheus Cartaxo e João Palhares.

No domingo, as atividades têm início às 12:00, com o lançamento do livro “Foco – Revista de Cinema” editado pela A.23 edições e pela Associação Luzlinar. A partir das 14:30 decorre o bloco dedicado a Alberto Seixas Santos com a projeção de “Mal”, deste cineasta. Segue-se a exibição de “A Fazer o Mal” e de “Refúgio e Evasão”, de Luís Alves de Matos. Às 17:45 a conversa conta com Luís Miguel Oliveira, Luís Alves de Matos e Manuel Mozos. Para as 21:30 está marcada a sessão de encerramento, que conta com a exibição de um filme surpresa.

Todas as sessões terão entrada livre e a organização é da Associação Luzlinar e do Município do Fundão, com a colaboração da Cinemateca Portuguesa e do departamento de Cinema da Universidade da Beira Interior.