InícioCovilhãNovas obras no IC6 mas ainda sem a Covilhã

Novas obras no IC6 mas ainda sem a Covilhã

O Governo anunciou esta sexta-feira que prevê investir 38 milhões de euros nos 19 quilómetros do Itinerário Complementar (IC6) entre Tábua e Oliveira do Hospital, iniciativa cujo projeto de execução será lançado até julho.

Esta é mais uma fase de um projeto que, recorde-se, tem como destino final a Covilhã, no âmbito da tão falada ligação a Coimbra.

“Tendo em consideração o avultado investimento que a construção integral do IC6 representaria, a Infraestruturas de Portugal (IP) avaliou a possibilidade de faseamento do empreendimento, permitindo uma solução financeira e tecnicamente sustentável”, lê-se na nota de imprensa.

O Governo diz ainda que esta análise “teve por base o estudo prévio do IC6/IC7/IC37, cujo faseamento previu, à data, a divisão do lanço final do IC6 em dois troços, um entre Tábua e Oliveira do Hospital (EN17/IC7 – Nó da Folhadosa), e o seguinte, a partir deste nó até à Covilhã”.

Resta agora saber se esse troço final, até à Covilhã, alguma vez sairá do papel, até porque exigiria um esforço financeiro enorme, dadas as características do terreno na Serra da Estrela.

Para além disso, em janeiro, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, anunciou que o Governo vai promover estudos para prolongar o IC6 até Seia. Quererá isso dizer que a travessia da Serra da Estrela vai ficar para trás?

Filipe Sanches