InícioCastelo BrancoPolitécnico na investigação europeia de telecomunicações

Politécnico na investigação europeia de telecomunicações

O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) vai integrar um consórcio de sete equipas de investigação europeias na área das telecomunicações, cujo objetivo é testar tecnologias para a migração da rede 4G para a nova 5G.

O IPCB explica que o projeto MONROE (Measuring Mobile Broadband Networks in Europe) tem como objetivo avaliar a qualidade da rede móvel em várias capitais da Europa e testar tecnologias que permitam a migração da rede 4G para a nova geração móvel 5G.

O projeto resulta da recente aprovação de uma candidatura de 50 mil euros, no âmbito do programa Horizonte 2020, na área das telecomunicações, proposta liderada pelo professor da Escola Superior de Tecnologia (EST) Paulo Marques.

“Numa altura em que se fala muito no Portugal 2020, não devemos esquecer as oportunidades de financiamento do programa Horizonte 2020, que, embora bastante mais competitivo, permite uma maior internacionalização e reconhecimento da investigação feita no IPCB”, sustenta o docente da EST.

O projeto MONROE iniciou-se em março e vai ter uma duração de 18 meses, sendo que Paulo Marques é, para já, o único docente do IPCB que está envolvido no consórcio das sete equipas de investigação europeias.

O Horizonte 2020 é o maior programa de investigação e inovação de sempre da União Europeia (UE), com 80 mil milhões de euros de financiamento.

O objetivo do programa passa por garantir que a Europa produza ciência e tecnologia de nível mundial, capazes de sustentar o crescimento económico e o emprego qualificado.