InícioCastelo BrancoJovens de todo o país plantam 1.500 árvores em Castelo Branco

Jovens de todo o país plantam 1.500 árvores em Castelo Branco

arvoreplantar

Oitenta jovens do Rotaract estão a plantar, este sábado, 1.500 árvores de espécies autóctones no Monte Barata, uma herdade que a associação ambientalista Quercus possui em Castelo Branco.

Em comunicado, o Roctaract explica que a iniciativa tem como objetivo celebrar a amizade e o ambiente, na criação da Floresta Rotaract de Portugal e vai envolver mais de 80 jovens na plantação de 1.500 árvores na herdade do Monte Barata.

O Rotaract é um programa para jovens líderes dos 18 aos 30 anos, com o objetivo de os capacitar com ferramentas de liderança e criar oportunidades para incrementar os seus conhecimentos, tendo em vista o desenvolvimento de uma cidadania responsável, através do serviço à comunidade, promoção dos valores de compreensão mundial e paz internacional.

À agência Lusa, Paula Silva, da Quercus, adiantou que a associação foi contactada pelo Roctarat após uma angariação de fundos feita há um ano no festival Rock in Rio, que resultou nesta parceria para a criação da Floresta Roctaract no Monte Barata, com a plantação de 1.500 árvores em 2,5 hectares de terreno.

“Após a abordagem, aconselhámos que parte da verba fosse destinada para a plantação e outra parte para a manutenção. Optámos por fazer a iniciativa no Monte Barata, em Castelo Branco, onde amanhã [sábado] 80 jovens do Rotaract de várias zonas do país farão a plantação”, frisou.

A ambientalista disse que vão ser plantados sobreiros, azinheiros e medronheiros, entre outras espécies autóctones da região, e adiantou que durante os próximos dois anos existe o compromisso de se fazer a manutenção às árvores.

O Monte Barata é uma propriedade com cerca de 409 hectares, situada no concelho de Castelo Branco e que foi adquirida pela Quercus em 1992, sendo constituída essencialmente por montado de azinho e sobro.